PROFESSORA MARIA JULIA

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Política das Nacionalidades


Política das Nacionalidades
Exercícios de Fixação:
1-
Entre o Congresso de Viena de 1815 e 1848, ocorreram, na Europa, movimentos liberais e nacionais. Considere as seguintes afirmações.
I - As decisões do Congresso de Viena geraram formas de reação da burguesia contra os limites impostos ao desenvolvimento do capitalismo industrial.
II - A Revolução liberal de 1830, também chamada de jornada de julho, estancou o avanço reacionário iniciado com o Congresso de Viena de 1815.
III - A Revolução de 1848 exaltou o ânimo das massas e irradiou-se pelo continente numa sucessão de eventos que passou à história como Primavera dos Povos.
IV - Do Congresso de Viena surgiu a Santa Aliança, que objetivava a proteção à paz, à justiça e à religião e assegurava as lutas nacionalistas e liberais decorrentes das idéias implantadas pela Revolução Francesa.

2- "Fizemos a Itália, agora temos que fazer os italianos". "Ao invés da Prússia se fundir na Alemanha, a Alemanha se fundiu na Prússia".

Estas frases, sobre as unificações italiana e alemã:
a) aludem às diferenças que as marcaram, pois, enquanto a alemã foi feita em benefício da Prússia, a italiana, como demostra a escolha de Roma para capital, contemplou todas as regiões. b) apontam para as suas semelhanças, isto é, para o caráter autoritário e incompleto de ambas, decorrentes do passado fascista, no caso italiano, e nazista, no alemão.
c) chamam a atenção para o caráter unilateral e autoritário das duas unificações, imposta pelo Piemonte, na Itália, e pela Prússia, na Alemanha.
d) escondem suas naturezas contrastantes, pois a alemã foi autoritária e aristocrática e a italiana foi democrática e popular.
e) tratam da unificação da Itália e da Alemanha, mas nada sugerem quanto ao caráter impositivo de processo liderado por Cavour, na Itália, e por Bismarck, na Alemanha.

3- Antes de 1871, a Alemanha não era propriamente um país, mas um território politicamente dividido em trinta e nove pequenos Estados. Porém, desde 1834, o seu mercado encontrava-se unificado através do "Zollverein". E foi sobre esta base que se construiu o Império Alemão em 1871.
a) Cite o Estado alemão que liderou a mencionada unificação.
b) Esclareça no que consistiu o "Zollverein".

4- O que foi a "questão romana" e como foi resolvida pelo Tratado de Latrão, entre Mussolini e o Papa Pio XI?

5- Escreva sobre a política desenvolvida por Cavour no reino do Piemonte.

6- Quem era Bismarck? Quais as suas estratégias políticas?

7- Em um relato de uma viagem ao Brasil de Luciano Magrini (In BRASILE, 1926), pode-se ler: Neste cenário, em uma triste e silenciosa solidão, quase perdidos no espaço, dispersos em uma imensa plantação de café, dez ou vinte quilômetros distante do menor vilarejo, vivem milhares e milhares de italianos.
a) Que condições políticas e econômicas na Itália durante a segunda metade do século XIX provocaram um movimento migratório em direção ao Brasil?
b) Quais foram as localidades geográficas brasileiras ocupadas pela migração italiana nas ultimas décadas do século XIX?
c) Quais eram as características econômicas da agricultura cafeeira?

8- A unificação italiana, no final do século XIX, ameaçou a integridade territorial da Igreja. Esse impasse resultou em que Tratado?

9- A unificação política da Alemanha (1870-1871) teve como conseqüências:
a) a ruptura do equilíbrio europeu, o revanchismo francês, a revolução industrial alemã e política de alianças.
b) enfraquecimento da Alemanha e miséria de grande parte dos habitantes do sul, responsável pela onda migratória do final do século XIX.
c) a anexação da Alsácia e Lorena, o empobrecimento do Zollverein e retração do capitalismo.
d) corrida colonial, revanchismo francês, o enfraquecimento do Reich e anexação da Áustria.
e) o equilíbrio europeu, a aliança com a França, a formação da união aduaneira e a Liga dos Três Imperadores.